Segundo jornal japonês: “As empresas de anime não sabem como gerenciar suas finanças”


132
128 ações, 132 pontos



©Indústria anime

Um artigo descrevendo os efeitos da pandemia de COVID-19 na indústria de anime no Japão foi publicado no jornal online Toyo Keizai, por meio de declarações de um membro anônimo, que apontou algumas das causas dos baixos salários dos animadores.

De acordo com a fonte citada no artigo, muitas empresas produtoras de anime têm pouca capacidade de gerenciar suas finanças:

“Muitos gerentes não sabem ler os balanços, não sabem como acompanhar o dinheiro que entra e sai da empresa, não entendem a importância de manter um fundo de reserva e se preocupam apenas com o salário diário. Portanto, quando ficam sem dinheiro, rapidamente concordam em trabalhar em um novo projeto de anime e recebem pagamento antecipado, mesmo sabendo que esse projeto excede a capacidade do estúdio, isso causa problemas na produção que é dividida em pedaços. A raiz das injustiças de trabalho na indústria de anime vem diretamente de gerentes e administradores, e sua incapacidade de entender e gerenciar as finanças de uma empresa “.

Nenhuma empresa produtora de anime pediu falência durante o período de pandemia de COVID-19 no Japão; no entanto, segundo a fonte, 40% das empresas estão no vermelho. Atualmente, muitos estúdios de animação já tinham projetos para os próximos 2 ou 3 anos, mas quando os comitês de produção começaram a sentir o peso das perdas monetárias, muitos eventos de anime e outras fontes de renda que beneficiaram os estúdios, bem como também cortaram orçamentos para as produções atuais. O sistema atual de ter um “comitê de produção” implica que várias empresas colaborem para financiar um projeto e reduzir o risco financeiro, mas isso também significa que os estúdios de animação são incapazes de investir em sua própria propriedade intelectual e devem fazer o que os comitês ordenam que eles façam.

Como um exemplo de um estúdio que é responsável por suas próprias finanças e projetos, o artigo menciona o Studio Khara, que foi fundado pelo criador da franquia Neon Genesis Evangelion, Hideaki Anno. Quando ele fundou o estúdio, Anno rapidamente se familiarizou com a contabilidade e conseguiu investir 100% do capital da empresa na produção do projeto de filme Rebuild of Evangelion. No entanto, é raro encontrar pessoas que, além de ter muita criatividade, também possam lidar com questões financeiras.

Outro tópico importante mencionado pelo artigo foi a importância dos programas de formação de equipe e treinamento. O artigo argumenta que as qualidades envolvidas na criação de um trabalho bem-sucedido são intangíveis e não podem ser discernidas ao longo da história de uma equipe de trabalho, mostrando Makoto Shinkai (Tenki no Ko, Kimi no Na wa) como um exemplo de pessoa que criou grande sucesso no setor que não poderia ter sido previsto apenas por cálculos. No entanto, Shinkai passou anos planejando o projeto e desenvolvendo uma cultura de trabalho em sua equipe, o que lhe permitiu criar trabalhos tão bem-sucedidos. Isso faz dos programas de treinamento um investimento essencial em qualquer empresa de produção.

Ao mesmo tempo, esses programas são difíceis de implementar em larga escala devido a dificuldades financeiras. Para os estúdios em dificuldades, isso pode resultar em um ciclo de feedback negativo, onde é produzido um produto de baixa qualidade que o comitê de produção não considera bem-sucedido, portanto, não está em condições de solicitar uma extensão de orçamento no futuro, o que novamente afeta a qualidade dos projetos. Devido ao envelhecimento da força de trabalho no setor (de acordo com uma pesquisa da JAniCA em 2019, 16,5% dos entrevistados trabalham no setor há mais de 30 anos), é provável que a qualidade das animações continue a diminuir a longo prazo, a menos que programas de treinamento abrangentes sejam implementados.

E por fim, a fonte afirma que a indústria de anime não é tão ruim, e espera que uma melhor gestão financeira possa ser alcançada no futuro:

“Há muitas pessoas que só querem ver a indústria de anime como uma indústria sobrecarregada com problemas de produção constantes, mas acho que é realmente uma boa indústria. Há um forte sentimento de que todos estamos trabalhando juntos para alcançar uma meta e acho que há uma grande diferença com outras empresas de diferentes áreas. A indústria de anime está cheia de prazos estritos e o pagamento é miserável, não nego isso. Mas as pessoas que trabalham e a satisfação obtida são muito grandes para o nosso crescimento humano. É algo que eu percebi durante esta pandemia “.

Fonte:Aqui!



Fonte


Gosto disso? Compartilhe com os seus amigos!

132
128 ações, 132 pontos

Qual é a sua reação?

confuso confuso
9
confuso
falhou falhou
5
falhou
Divertido Divertido
4
Divertido
Interessante Interessante
2
Interessante
Odiei Odiei
1
Odiei
lol lol
13
lol
Amei Amei
12
Amei
omg omg
9
omg
ganhei ganhei
5
ganhei

Um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escolha um formato
Teste de personalidade
Série de perguntas que pretende revelar, algo sobre a sua personalidade
Trivia quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas, ao qual pretende verificar o conhecimento da pessoa
Enquete
Votação para tomar decisões ou determinar opiniões
História
Texto formatado com incorporações e recursos visuais
Lista
As Clássicas listas da internet
Contagem
As contagens clássicas da Internet
Lista Livre
Envie sua própria lista e vote no melhor item
Classificação
Voto positivo ou negativo para decidir o melhor item da lista
Meme
Carregue suas próprias imagens para criar memes personalizados
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format
X
X